Projeto Pedal

Artigos

Projeto Pedal apoia expansão das ciclovias em São Paulo

Como médicos, cientistas e cidadãos paulistanos, os membros da equipe do Projeto Pedal se sentem aliviados com a suspensão, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, da liminar que determinava a paralisação da implantação de novas ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, no último dia 27 de março de 2015. O Pedal apoia a iniciativa de ampliar o uso de bicicletas para lazer, prática esportiva e meio de transporte em São Paulo, como forma de combate ao sedentarismo e à poluição atmosférica - dois dos principais fatores de risco para a saúde humana.

Somados, sedentarismo e poluição do ar contribuíram com cerca de 8 milhões de óbitos no mundo, em 2012.

Assim, entendemos ser essencial a implantação e ampliação da rede de ciclovias na cidade, acompanhada de uma política que promova a segurança do ciclista e a convivência saudável e cidadã entre estes, os pedestres e os usuários de diferentes modais de transporte.

As mudanças necessárias para que isso aconteça requerem a prática de uma cultura baseada na tolerância, na capacidade de ouvir argumentos contrários e na disposição para transformações – atributos que, no mais, são fundamentais para melhorar a convivência nas cidades em todo o mundo.

Esse desafio é ainda maior quando se considera que o espaço urbano em São Paulo privilegia o transporte individual. Por mais ineficiente que esse modelo tem se mostrado, ele ainda é considerado por muitos como um "mal necessário", com vistas a minorar as deficiências históricas dos serviços de transporte público.

Movimentos sociais como o de defesa do Projeto Ciclovia SP, o qual o Projeto Pedal integra, vem mostrar que há um segmento na sociedade (cada vez maior e mais significativo) que aposta na mudança como forma de tornar São Paulo uma cidade melhor para vivermos, criarmos nossos filhos e para sermos mais felizes.

Notícias

Brasil define posições que serão defendidas na ONU
Tendo em vista que os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável serão lançados oficialmente em 2015, substituindo os Objetivos do Milênio, o governo do Brasil fundou o Grupo de Trabalho Interministerial, que vai defender as posições do Brasil frente a ONU. Leia mais.

Poluição é responsável por mais de 7 milhões de mortes ao ano no mundo
A poluição do ar mata cerca de 7 milhões de pessoas em todo o mundo a cada ano, revelou relatório da Organização Mundial de Saúde publicado nesta terça-feira. Leia mais.

Haddad se reúne com cicloativistas e promete mais verba para ciclovias
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, se reuniu com cicloativistas na manhã de 22 de março e anunciou que liberará mais verbas para a construção de novas ciclovias e melhora das condições das ciclovias já existentes. Leia mais.

Descobertos novos gases prejudiciais à camada de Ozônio
Cientistas da universidade inglesa de Anglia Oriental publicaram um trabalho no qual analisaram diversas amostras do ar, coletadas a partir dos anos 70, e concluíram que pelo menos quatro substâncias presentes nessas amostras contribuem para a destruição da camada de ozônio. Leia mais.

Sub-categorias