Rua Dr. Eneas de Carvalho Aguiar, 44 - 9 andar - Bloco II Cerqueira César São Paulo

 
 
 

Histórico

 

O Laboratório de Imunologia nasceu em 1984 quando o Instituto do Coração (InCor) decidiu retomar as atividades em transplantes de órgãos. O Prof. Jorge Kalil, que havia retornado ao Brasil após 5 anos de especialização em Imunogenética Humana no Serviço de Imunogenética de Transplante Humano dirigido pelo Prof. Jean Dausset em Paris, foi convidado para implantar um laboratório para atender aos transplantes de órgãos do Hospital das Clínicas e desenvolver pesquisas nesta área. O laboratório, então denominado Laboratório de Imunologia de Transplantes, iniciou suas atividades em março de 1985, em uma pequena sala no Departamentpo de Reumatologia da Faculdade de Medicina, contando com a colaboração do Dr Jorge Neumann e Luiza Guilherme. Alguns meses depois, Dra Anna Carla Goldberg juntou-se a equipe.

No final de 1985, Prof. Kalil, assumiu a direção do Laboratório de Imunogenética Humana, e o grupo aprimorou as técnicas de histocompatibilidade para atender a prestação de serviços aos transplantes de rim, coração e fígado.
Em 1994 o grupo, que havia crescido consideravelmente e já era constituído por 30 pessoas entre pesquisadores, funcionários, alunos e estagiários mudou-se para um laboratório maior no Instituto de Medicina Tropical, onde foi criado um biotério para experimentação animal. Em 2001 seguiu-se a mudança do laboratório para o Bloco II do InCor. O ambiente do Laboratório de Imunologia sempre foi de muita responsabilidade, porém descontraido e alegre, características do seu diretor.

O grupo conta hoje com 4 pesquisadores principais, 45 funcionários e 26 alunos (iniciação científica, aprimoramento, pós-graduação) e 8 pós-doutores, que trabalham nas áreas de Aterosclerose, Doença de Chagas, Febre Reumática, HLA, Transplantes e Auto-imunidade.

 

 
 

 


 
Desenvolvido por Georgia Porto     Copyright 2005 Macromedia, Inc. All rights reserved.